sábado, 27 de junho de 2015

RPGMaker - Mad Father #2


Konnichiwa, nekos!
Desculpem novamente pelo tempo sem postar, etc e etc. Não vou dizer que estive ocupada com trabalhos escolares. Tenho um trabalho, mas ainda nem comecei, então deixa quieto ~Aliás, se alguém souber o que bullying tem a ver com ciências me explica, por favor? Sem ironias, me expliquem, sério.~ Tenho estado mais ocupada vendo vídeos no youtube do que fazendo qualquer outra coisa. Ah, eu to morrendo de vontade de mudar o layout do blog, mas o blogger não tá deixando. Nem o plano de fundo eu consigo trocar.
Nesse post eu vou continuar aquele outro, de Ib, que eu acho que vai acabar por se tornar uma série de posts, mesmo.

Sinopse:

"Mad Father se passa em uma mansão no norte da Alemanha onde mora Aya, seu pai e a amante dele. Aya havia perdido sua mãe a algum tempo e neste dia ela iria visitar o túmulo dela. Seu pai, como sempre, fazendo experiências com "seres vivos" acaba liberando a fúria de uma maldição e coisas estranhas começam à acontecer naquela casa. Aya começa à procurar seu pai no meio de todo o caos."
-Denius (Zero Corpse)


Gênero: Aventura/Horror

Outras informações:

É um jogo 2D criado por Sen criado no Wolf RPG Editor. Traduzido para o inglês por vgperson e para português pelo Allen (Zero Corpse). O jogo tem dois finais ruins e um bom (o verdadeiro).

Minha opinião sobre o jogo:

Sinceramente, eu adoro esse jogo. É o meu segundo favorito (Depois de Ib), e não é por falar, ele é, realmente, ótimo. Os gráficos, traços de desenho, trilha sonora. É tudo muito bonito. Só para vocês verem, a Aya (protagonista do jogo), é aquela coisinha cuti-cuti e kawaii na imagem de início. Tem algumas músicas *cof cof* Alive *cof cof cof* que até viciam. A história do jogo é excelente e cheia de mistérios por trás. O final verdadeiro é diferente do que imaginamos no início e pode ser interpretado de dois jeitos que eu não vou falar porque é spoiler. 


Post curto, mas é um post!

Ja nee~~

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e deixe uma autora feliz! Se quiser pode deixar o link do teu blog no final do comentário e eu irei visitá-lo (apesar de isso não ser grande coisa) ♥
Críticas construtivas são bem-vindas e aceito afiliação ou tags ♥